quinta-feira, 12 de março de 2009

Conservando a vida. Sem formol

Não, eu não sou médico, mas tenho uma irmã que é, e convivo com mulheres na busca incansável pela beleza, e um dos pontos principais da lista de tarefas para se alcançar esse objetivo é ter um cabelo bonito - diga-se, muitas vezes hoje, liso -, portanto, o que vocês vão ler é apenas a minha opinião sobre o assunto formol, seguindo a linha saúde que iniciei nos últimos posts.

Hoje à noite foi divulgado na Imprensa um projeto de lei que proíbe o uso de formol em escovas progressivas e tratamentos similares em salões de beleza que será entregue ao governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho. O texto foi aprovado na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e também obriga os estabelecimentos a se basear nos limites de valores estabelecidos pela Anvisa ao manipular qualquer produto químico, e os números têm de ficar expostos em local visível, independentemente do que for utilizado.
O governador tem o prazo de 15 dias úteis para sancionar ou vetar o projeto de lei.

----

Minha opinião sobre o assunto é muito simples, e vem em forma de apelo: governador, sancione a lei, e proíba, de uma vez por todas, esse veneno, que prejudica não só os cabelos das mulheres, mas a pele, os olhos e as vias respiratórias de todos que estejam próximos. Se a substância foi proibida em produtos de limpeza, não pode ser liberado para contato direto com o corpo humano, independentemente de qual quantidade for manuseada.

A inalação do produto
pode causar dor de cabeça, tosse, vertigem, e até mesmo levar a morte por choque anafilático causado por asfixia. O formaldeído (formol) é considerado um agente potencialmente cancerígeno pela OMS (Organização Mundial de Saúde). Portanto, reforço o apelo para que mulheres, e até mesmo homens, desistam desse método retrógrado e perigoso. O formol deve ser usado para conservar cadáveres já existentes, e não para aumentar o número destes nas faculdades de medicina.

4 Comentários:

Anônimo disse...

Não acho, acho que sem formol a escova progressiva não fica boa. Minha opinião!!

Anônimo disse...

Como sempre a busca pela beleza á frente da saude!

Se disserem que veneno de rato é bom para pele, pode ter certeza que terão pessoas se matando por um pacotinho.
A todas da progessiva pelo formol.
ACORDEM!


Massa o blog, voltarei.

Marcos do Simple
www.ssofl.blogspot.com

Piu disse...

Longe de mim condenar vaidades, até porque sou mulher e como tal, sou vaidosa. Mas existem outras formas de alisamento, que não agridem (tanto) o cabelo, e não fazem mal nenhum á saúde. E cá entre nós, formol fede né gente! Quem quer ter um cabelo fedido?
Colin, legal colocar temas variados, assim teu blog vai longe!!!!

Isaque disse...

Concordo com você, no Brasil há muitos produtos de beleza que precisam ter algumas composições proibidas um exemplo são as unhas postiças, a cola utilizada pode dar alergia e a alergia é tão grande que os dedos podem ser amputados, passaram algumas reportagens desse tipo no SBT repórter.

Isaque Lima
www.redacaonoticia.com

Postar um comentário

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO